Pontos Históricos de São Paulo

Pinacoteca

Divulgação

No ano de 2004 o Edifício do Largo General Osório (projetado no final do século XIX) incorpora a Pinacoteca de São Paulo, o primeiro museu de arte da cidade. Transformou-se no maior e mais completo acervo de produção artística brasileira com mais de nove mil obras consagradas.

A instituição se dedica à preservar as memórias da resistência e repressão política do Brasil republicano. Sua coleção de arte brasileira dos séculos XIX e XX está distribuída em grandes instalações como o Memorial da Resistência de São Paulo; o Centro de Documentação e Memória da Pinacoteca do Estado; Gabinete de Gravura Guita e José Mindlin; além de artes visuais e as exposições temporárias de diversos estilos.

Divulgação

Divulgação

A Pinacoteca realiza cerca de 30 exposições e recebe aproximadamente 500 mil visitantes a cada ano, segundo o site institucional.

A missão da Pinacoteca do Estado de São Paulo é constituir, consolidar e ampliar, estudar, salvaguardar e comunicar um acervo museológico, arquivístico e bibliográfico de artes visuais, produzido por artistas brasileiros ou intrinsecamente relacionado com a cultura brasileira, seus edifícios e memórias; visando o aprimoramento da experiência do público com as artes visuais, e o estímulo à produção e ao conhecimento artístico.

 

Praça da Luz, 2 – São Paulo – SP

Tel.: (11) 3324-1000

Edifício Martinelli

martileni

Divulgação

O Martinelli foi o primeiro arranha céu da América Latina, localizado no centro de São Paulo entre as ruas São Bento, Av. São João e a Rua Libero Badaró. Antes mesmo de sua conclusão o prédio já havia se tornado símbolo, as obras geraram muitas polemicas, pois até então não havia nenhum prédio em São Paulo com grande altura, foi projetado pelo italiano Giuseppe Martinelli em 1924 e inaugurado em 1929.

Foi ocupado por escritórios, sendo dezoito andares de repartições públicas municipais e o restante de particulares.

 

Divulgação

Divulgação

Nas décadas de 60 e inicio de 70 o prédio entra em decadência por uma série de fatores. Torna-se um cortiço vertical, ocupado por famílias de baixa renda (o Martinelli era uma das poucas opções de moradia barata no centro), passou para cenário de vários crimes de grande repercussão.

Em 1975 o prefeito Olavo Setúbal resolveu salvar o edifício, com a ajuda do exército os moradores foram retirados e deu inicio à restauração.

Atualmente, o prédio é um dos principais símbolos arquitetônicos do Brasil.

 

Rua São Bento, 405 – Centro, São Paulo – SP,

Tel.: (11) 3104-2477

Theatro Municipal

Divulgação

Divulgação

O Theatro Municipal foi inaugurado em 1911 e é um dos maiores cartões postais de São Paulo.

Segundo o site institucional sua arquitetura exterior tem traços renascentistas barrocos do século XVII. Em seu interior, muitas obras de arte: bustos, bronzes, medalhões, paredes decoradas, cristais, colunas neoclássicas, vitrais, mosaicos e mármores garantem um banquete para os olhos do espectador mais atento.

Divulgação

Divulgação

Grandes artistas e espetáculos já passaram pelos palcos, além da Semana de Arte Moderna de 22. O Theatro passou por varias reformas e hoje coordena escolas de musicas e dança. De departamento da Secretaria Municipal de Cultura à Fundação pública de Direito público em 27 de maio de 2011, o que confere maior agilidade e autonomia à gestão.

 

Praça Ramos de Azevedo, São Paulo – SP

Tel.: (11) 3397-0300

 

Catedral da Sé

Divulgação

Divulgação

A Catedral da Sé começou a ser construída em 1913 elaborada pelo alemão Maximilian Emil Hehl, após a demolição da antiga igreja matriz que não estava em boas condições.

A inauguração aconteceu em 25 de janeiro de 1954 comemorando o aniversário de São Paulo. Após três anos de reforma a catedral, em 2002, volta a ter missas diárias.

Divulgação

Divulgação

Este símbolo histórico tem 111m de comprimento e 46m de largura, capacidade para 8 mil pessoas e vários elementos brasileiros, como a decoração dos altares em verde e amarelo e as colunas com a fauna e flora nacional.

Em 1934 foi o construído o Marco Zero em frente à Catedral, um mapa das estradas que partem de São Paulo para outros estados.

A melhor maneira de conhecer a Catedral da Sé é com as visitas monitoradas que acontecem de terça a domingo das 10h às 11h30 e das 13h às 17h30.

 

Praça da Sé, s/n – Centro, São Paulo

Tel.: (11) 3107-6832

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s